Bem-vindos ao arquivo do Fórum!

Nosso fórum pode ter mudado, mas isto não significa que vamos esquecer de tudo o que veio antes. Neste arquivo, vocês encontram a história da comunidade do League desde a chegada do servidor ao Brasil. Tem de tudo um pouco: discussões, piadas, desenhos, tentativas de identificar as camadas do fórum e muito mais.

Então, navegue pelas lembranças e, depois, participe das discussões que estão rolando neste momento no novo Fórum do League of Legends e divirta-se com os outros membros da nossa Comunidade. Nos vemos lá!

Um abraço,
Ysanne

IR PARA O NOVO FÓRUM


[Fanfic] Distração (Parte II)

1
Comment below rating threshold, click here to show it.

TheDeadlyScythe

Senior Member

08-17-2014

Citação:
Surpresa, eu voltei...
E com a segunda parte da segunda parte da fanfic (é, ficou confuso).

Parte II - I (http://forums.br.leagueoflegends.com/board/showthread.php?t=270853)
Parte I - IV (http://forums.br.leagueoflegends.com/board/showthread.php?t=269106)
Parte I - III (http://forums.br.leagueoflegends.com/board/showthread.php?t=263863)
Parte I - II (http://forums.br.leagueoflegends.com/board/showthread.php?t=262422)
Parte I - I (http://forums.br.leagueoflegends.com/board/showthread.php?t=260360)

- Deixe-me ver se eu entendi.

Reginald conversava com Swain sobre o plano dele.

- Nós infiltraremos Talon lá para ver se ele consegue achar os Invocadores e os Campeões – recapitulava o Invocador. -, enquanto Riven e Ezreal vão distrai-los pela frente.

- Isso – Swain confirmava.

- Caso Talon encontre Zed, Shyv, Draven e todo o resto de Invocadores, o que ele vai fazer?

- Obviamente que eles vão gankar Vita, Razar, Lulu e o diabo a quatro – Allea respondeu distraidamente, utilizando gírias comuns entre Invocadores sem perceber. – Aqueles bostas não vão ter nenhuma chance contra o nosso time.

- ...na verdade não, Talon só irá retirá-los dali e eu farei o sinal para Riven e Ez saírem – Swain comentou, sorrindo. – Mas, se fosse assim, realmente iríamos ganhar a luta.

- Imaginava diferente, mas tudo bem - Allea esfregou as mãos e deu um sorrisinho maroto. - E então, vamos por esse plano em prática?

---

- Resumindo – Riven falou. – Eu e a loirinha aqui vamos distrair eles, enquanto o Talon resgata os outros manés.

- Vou levar na brincadeira esse ‘loirinha’ – Ezreal murmurou, dando um soco de brincadeira na exilada, que segurou a risada e retribuiu o soco.

- Parem com isso – Swain revirou os olhos. – Mais alguma pergunta? Não? Ótimo. Agora, vamos lá.

- Tenho a leve impressão que isso não vai dar certo – Talon falou para si mesmo. -, mas vamos lá.

Depois de algum tempo, chegaram ao local com as instruções de Swain.

- Quando ouvirem um som de corvo como esse – Beatrice, o corvo de Swain, deu um leve gritinho. -, voltem. Conto com vocês.

A exilada e o explorador entraram na aterradora escuridão (com uma tocha, óbvio), e Talon foi procurar um local por onde entrar. Logo achou uma porta falsa, que entrou.

- Espero que isso dê certo... – o Estrategista suspirou.

Pena que Swain não podia impedir o que aconteceria em seguida.

---

- Que escuridão... – Riven sussurrou. – Tem alguma ideia de como faremos isso dar certo?

- Não – o explorador confessou. Ele não sabia nem se Talon iria achar os prisioneiros. – Olha... eu nem sei se vamos ao menos sair vivos daqui, Riven. É uma necromante, um renegado e Lulu, e nem sabemos quem mais está com eles. Temos poucas chances de sair daqui sem pelo menos um ferimento grave cada um.

- Sssh – Riven encostou o dedo indicador nos lábios de Ezreal, pedindo silêncio. – Deixa de ser pessimista, ok? A gente vai sair daqui vivos, mesmo que feridos. Agora, vamos.

De repente, uma risada conhecida e irritante ecoa pelo túnel.

- Lulu. – ambos falaram em uníssono.

- Sério, essa piada foi tão idiota que chega a ser engraçada! – a Fada Feiticeira falava, entre risadas.

- Não achei a mínima graça – uma voz feminina, cruel e gélida, foi ouvida. – A não ser que a graça esteja na sua imbecilidade, renegado.

- Pelo amor... eu só estou tentando descontrair um pouco – uma terceira voz foi ouvida, agora masculina e raivosa.

- Pois falhou, seu babaca! – a mulher bradou. Ouve-se uma forte batida na parede da caverna. – E se você não quiser virar um esqueleto, é bom calar a boca!

- Vish, deu treta – Ezreal murmurou, rindo um pouco.

Riven assentiu com a cabeça, rindo junto com o explorador.

- Vamos lá, Talon pode ser notado se não nos apressarmos.

---

- Argh, que escuridão – o assassino falou raivosamente. - Odeio isso.

Ele ouviu vozes, que estavam bem vagas. Começou a correr, e ouviu cada vez mais claramente.

- Você vai pagar por prender o glorioso Draven, cara – Talon reconheceu a voz do (nada) humilde Draven.

- Cala essa boca – Zed foi reconhecido pelo assassino. – Fica provocando pra ver o que acontece contigo, bigodudo.

- Zed com sua gentileza habitual – a voz era de Shyvana.

- Vocês três, calem a boca – espere... Talon conhecia essa voz... – Pelo amor, eu nem podia deixar vocês ficarem falando tanto.

Aquele era Yasuo?

- Mas que diabos...? – o assassino murmurou. Por que diabos Yasuo estaria do “lado negro da força”?

- YASUO! – Talon gelou. Seria aquela a Fada Feiticeira? – Rápido! Vita está te chamando!

- Mas... e eles? – Yasuo deveria estar falando dos prisioneiros.

-...Riven. Entrada da frente. AGORA – Talon sorriu. O plano estava dando certo.

- Já estou lá – o exilado falou, com perceptível raiva na voz.

---

- Você? – Riven cerrou os olhos. Não era possível.

- Riven? – o renegado perguntou, incrédulo. Como assim?

- O que diabos faz aqui? – a exilada falou, totalmente surpresa, enquanto prendia Razar contra a parede.

- O que diabos VOCÊ faz aqui? – ele perguntou, colocando a adaga sob o queixo dela. – Achei que você estivesse vagando por aí, como sempre.

- Oi? – ela cerrou ainda mais os olhos, pressionando o rapaz contra a parede ainda mais. – Eu sou uma Campeã. Não tenho mais tempo de ficar “vagando por aí, como sempre”.

- Se já acabou o falatório... – Ezreal chamou a atenção da exilada. Além de estar lutando contra esqueletos que vinham do nada, ainda tinha um probleminha pra enfrentar. – Temos um problema com o vento aqui, se é que me entende.

- Droga – ela resmungou, soltando Razar. – Ainda dá tempo de mudar de lado, cara.

- Eu... – ele olhou o explorador e depois para a exilada, e suspirou. – Sua sorte é que eu sou um idiota. Tudo bem, eu vou ajudar vocês.

Riven sorriu.

- Sabia que não ia me decepcionar – ela disse, vendo o renegado ir ajudar Ezreal. – Agora, cadê aquele mané que eu odeio do fundo do coração?

- Bom, se você se refere a mim, estou aqui. – ao ouvir isso, Riven deu um sorrisinho.

Aquilo ia começar a ficar bom.

Citação:
Tretas, muitas tretas.
Só isso que eu tenho a dizer: tretas.


Comment below rating threshold, click here to show it.

Guardião do Caos

Senior Member

08-18-2014

The Treta Has been planted...


Comment below rating threshold, click here to show it.

TheDeadlyScythe

Senior Member

08-18-2014

Citação:
Guardião do Caos:
The Treta Has been planted...


[Todos] xEspadaQuebrada (Riven): Você está além da redenção, seu mané.
[Todos] FaceTheWindB1tch (Yasuo): O que pesa mais, Riven? Sua espada ou sua consciência?
[Todos] NarradorDoUFC (Draven Locutor): E QUE COMEEEEEECE A TRETA!

LoiraDoTchan (Ezreal): Quer pipoca, Razar?
SurpriseModafoca (Razar): Passa pra cá.


Comment below rating threshold, click here to show it.

ikatsu

Member

08-25-2014

#Sólitretas,
To gostando da história, continue :3


Comment below rating threshold, click here to show it.

TheDeadlyScythe

Senior Member

08-25-2014

Citação:
ikatsu:
#Sólitretas,
To gostando da história, continue :3

Tá complicado continuar pq eu tenho que criar um roteiro pra um curta metragem aqui da gincana do colégio pra ganhar pontos, daí só tem 2 semanas pra fazer e complica d+++++ fazer fanfic e talz.
E eu ainda tenho um projeto de livro pra continuar e pá.

Mas já to continuando, relaxy


1