Bem-vindos ao arquivo do Fórum!

Nosso fórum pode ter mudado, mas isto não significa que vamos esquecer de tudo o que veio antes. Neste arquivo, vocês encontram a história da comunidade do League desde a chegada do servidor ao Brasil. Tem de tudo um pouco: discussões, piadas, desenhos, tentativas de identificar as camadas do fórum e muito mais.

Então, navegue pelas lembranças e, depois, participe das discussões que estão rolando neste momento no novo Fórum do League of Legends e divirta-se com os outros membros da nossa Comunidade. Nos vemos lá!

Um abraço,
Ysanne

IR PARA O NOVO FÓRUM


Capítulo 2 - Quando alguém inesperado explica

1
Comment below rating threshold, click here to show it.

Master 7P

Member

09-09-2014

Mateus acordou somente na manhã do dia seguinte.Seu corpo era o mesmo de antes novamente. Algo bem estranho aconteceu. "Um sonho." foi a conclusão que Mateus tirou. Afinal, um jogo de computador não envia bolinhos de super-doping para jogadores. Com esse pensamento lhe dando força, Mateus pulou da cama e foi tomar café-da-manhã feliz. Por precaução, ele olhou para a mesa da cozinha para ver se algum bolinho ou carta esquisita estavam lá. Nada. Sua felicidade se misturou com alívio. Revigorado, ele abriu a geladeira para pegar queijo e presunto. Foi quando alguém bateu na porta. Estranhando, ele foi atender. Quando abriu a porta, não havia ninguém. Ele olhou para os lados, procurando algum sinal de vida. Então Mateus olhou para baixo.
Havia uma carta.
- Não... - Mateus deixou escapar. Sua felicidade se despedaçou, deixando espaço para desanimo e receio. O que seria agora? Mateus pegou a carta, fechou a porta e se sentou. Respirou fundo, e abriu o envelope.

Saudações, Sr. Mateus Oscar de Lima Mello a.k.a. Flying Faith XXI

Primeiramente, gostariamos de agradecer sua participação neste experimento, apesar de ter sido um tanto quanto acidental. O doce que você ingeriu ontem continha um soro que uniu magia e ciência para dar poderes temporários dos campeões da Liga aos humanos normais. Começamos com um soro "leve", com DNA de outro humano: Garen, O Poder de Demacia. Lamentamos pelos efeitos colaterais, como seu extremo cansaço após o uso.Neste momento, nós estamos trabalhando nisso e em outros probleminhas como tempo de duração, etc. Vamos registrar o que lhe acontece, mas somente durante o efeito do soro(Por favor, não nos reporte no Tribunal). Não se preocupe, nós do Instituto iremos ajudar como for possível.

Com meus sinceros cumprimentos,
Prof. Cecil B. Heimerdinger

Como da primeira vez, Mateus leu e releu várias vezes. Ele não conseguia acreditar que recebeu uma carta de Heimerdinger. O Heimerdinger! Definitivamente, não foi um sonho. Ele tinha mesmo ganho os poderes e skills de Garen. O Garen! Muitas perguntas passavam na cabeça de Mateus. Aquele bolinho teria algum efeito ruim mais tarde? Quando chegaria o próximo? Qual seria o campeão? E sua faculdade? Deveria avisar sua família? Eles nunca acreditariam. Nem ele mesmo acreditava direito, apesar de ter vivenciado na pele. Mateus sentou-se, para pensar melhor, quando percebeu uma mensagem no verso da carta.

P.S.: Eu acredito que você tenha muitas perguntas, portanto hoje, às 20:15, acesse seu Invocador Remoto da Liga que eu responderei ao que for possível.

"Enfim, alguém vai me explicar alguma coisa", pensou Mateus, que não fazia ideia do que era um "Invocador Remoto". mas imaginava que seria sua conta no LoL. Pacientemente, Mateus esperou a noite chegar, jogando LoL até as 20:00, tomando o cuidado de não escolher Heimerdinger. Esperou, logado, pelo horário marcado. As 20:14, apareceu uma mensagem de erro, e o Cliente fechou.
- Mas o que? - disse Mateus, reabrindo o LoL. Mas a tela de login não apareceu. A tela do monitor escureceu por 2 segundos que pareceram uma eternidade, e quando acendeu de novo, a cara peluda do Inventor Adorado apareceu olhando para Mateus.
- Boa noite, senhor Mateus, meu nome...
- Eu sei quem o senhor é. - Mateus respondeu, estupefato. Não era uma animação, CG, nem nada do tipo. Era realmente O Heimerdinger na frente dele, falando com ele.
Heimerdinger sorriu.
- Eu imagino que você deve estar surpreso, com tudo isso acontecendo tão rápido, então permita-me lhe dar uma breve explicação.
"Um grupo de cientistas aqui do Instituto da Guerra teve a ideia de recriar as habilidades dos campeões em humanos, para que os invocadores possam resolver seus problemas e entreter o povo sem a,total dependência de nós. Além disso, alguns de meus colegas de armas são um tanto, digamos, imprevisíveis. Não sabemos até quando poderemos confiar, por exemplo, n'O Terror do Vazio. Precisaremos tomar medidas sem afetar o funcionamento da Liga. A ideia do soro surgiu, e decidimos investir nela. Agora precisamos testá-la, e é aí que você entra, Mateus" Mateus piscou várias vezes, tentando compreender. Um mundo que até ontem ele acreditava que era imaginário agora estava contando com ele. Essa fórmula possivelmente decidiria o destino de toda uma população no futuro.
- Mas por que eu? Não poderia ser alguém da Riot?
Mateus pensava em Luqi, que há dois anos ou mais alongava um post no fórum Off-Topic. A expressão de Heimerdinger mudou por um momento - parecia nervoso.
- Bem, - disse o yordle - a verdade é que não informamos aos invocadores da, como vocés da Terra chamam, Riot Games. Entenda, a conexão entre nossos mundos foi criada pelo seu mundo, pela Riot, especificamente. E eles impuseram regras, logicamente. A principal delas é nunca, jamais interferir com a Terra.
- Como vocês estão fazendo agora?
- Sim, sim, exatamente. Na verdade, não temos escolha. Precisamos testar a fórmula em humanos com grande potencial arcano, caso contrário, os efeitos ativados por magia não teriam energia e falhariam.
- Efeitos, tipo...A espada?
- Exato! É bom saber que estou conversando com alguém com intelecto!
Mateus se envergonhou um pouco com o elogio, para depois lembrar do que lhe chamou a atenção.
- Mas, professor, o que o senhor quis dizer com "grande potencial arcano"?
- Ora, exatamente o que eu disse. Os humanos e os yordles naturalmente possuem uma fonte de poder praticamente ilimitado em seu interior. Porém, com o extremo uso de magia nas Guerras Rúnicas, esta fonte se esgotou, e hoje, poucos são os seres racionais que nascem com poder mágico nas veias. Mas não houveram Guerras Rúnicas na Terra, certo?
- Mas nós não temos poderes mágicos! Se tivessemos, nossa vida estaria muito melhor!
O peludo yordle olhou no fundo dos olhos de Mateus.
- Acha mesmo? Veja todos os avanços que o povo da Terra obteve nos últimos séculos. Runeterra ainda é medieval perto do seu mundo. Agora, com restrições severas à magia, nós realmente começamos a evoluir.
A tela exibia sinais de má recepção. A conexão parecia instável.
- Raios! Não tenho mais tempo! Devo desligar. O próximo bolo chegará em dois dias. Não se preocupe, voltaremos a conversar. Até breve, sr. Mateus!
Mateus ficou espantado com o repentino fim da conversa. Ele ainda tinha umas perguntas.
- Que? Não, espera!
Mas já era tarde. Seu monitor voltou a mostrar a tela de login do LoL.
Mateus tinha muito no que pensar, mas sua cabeça estava em branco.
Cansado, ele voltou para a cama e dormiu no mesmo instante. Sua próxima aventura seria em apenas dois dias.


Comment below rating threshold, click here to show it.

TheDeadlyScythe

Senior Member

09-10-2014

Queria ser esse Mateus TuT


1